UOL Notícias Notícias
 

07/02/2010 - 20h04

OEA e corte eleitoral destacam tranquilidade nas eleições da Costa Rica

San José, 7 fev (EFE).- O dia de eleições presidenciais na Costa Rica transcorreu hoje em clima de tranquilidade e alegria nos arredores dos centros de votação, segundo o Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) e os observadores da Organização dos Estados Americanos (OEA).

O presidente do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), Luis Antonio Insolente, declarou hoje em entrevista coletiva que no meio do período de votações, que vai das 6h às 18h local (10h às 22h de Brasília), percebe-se um ambiente de tranquilidade.

"Confirmamos que as votações transcorrem de maneira adequada, em um ambiente de tranquilidade nacional, onde todos os costarriquenhos estão votando sem dificuldades", assegurou Insolente.

Ele ressaltou que os costarriquenhos estão ratificando sua "vocação democrática" e sua "aposta por uma transição ordenada e democrática das autoridades de Governo". Além disso, fez um apelo para que os eleitores compareçam às urnas.

Dados do TSE indicam que até o momento não foi registrado nenhum problema que viole a liberdade cidadã do direito ao voto.

A ex-chanceler da Colômbia e chefe da Missão de Observadores da OEA, María Emma Mejía, afirmou em entrevista coletiva que o processo foi "muito alegre e supremamente cívico".

"A Costa Rica tem muito exemplo a dar para os processos democráticos porque é o único de nossos países que durante 60 anos veio entregando a Presidência a cada quatro anos", afirmou Mejía.

A observadora acrescentou: "deve-se ressaltar que não há um incidente sequer a lamentar". Ela disse que os 52 observadores da OEA comprovaram a tranquilidade com a qual transcorrem as eleições nas sete províncias do país.

Além disso, ressaltou que, para vários dos observadores da OEA, o processo eleitoral costarriquenho foi "de grande impacto", porque não estão acostumados a ver crianças acompanharem seus pais nas votações, a quantidade de bandeiras nas ruas nem o respeito de tratamento entre os rivais.

A alegria do processo eleitoral se refletiu também quando foi votar o presidente Óscar Arias, que foi recebido com música e por dezenas de simpatizantes em uma escola da capital.

"Me sinto orgulhoso quando vejo gente com camisetas de todas as cores, de todos os partidos, abraçada, esperando o resultado no final do dia, com respeito e disposta a aceitar o resultado", comentou o líder, que entregará o poder no dia 8 de maio.

Os candidatos à Presidência iniciaram o dia com uma missa na catedral metropolitana de San José e depois votaram perante uma multidão de simpatizantes que os esperavam em seus diferentes colégios eleitorais.

O curioso do dia foi protagonizado por Ottón Solís, candidato do centro-esquerdista Partido Ação Cidadã (PAC), que iniciou o dia ordenhando vacas em sua casa na cidade de Pérez Zeledón, ao sul da capital.

Solís disse em entrevista coletiva que tem certeza de seu triunfo no primeiro turno e arriscou receber um apoio de 46% do eleitorado.

O mesmo otimismo evidenciou a favorita nas pesquisas, Laura Chinchilla, do governista Partido Libertação Nacional (centro-direita) e Otto Guevara, do direitista Movimento Libertário. Ambos também afirmam que vencerão no primeiro turno.

"Tenho muita esperança. Há muito carinho das pessoas", declarou a candidata, que deseja ser a primeira mulher da história a chegar à Presidência da Costa Rica.

Guevara, por sua vez, reiterou seu discurso de "fazer a mudança já". Ele pediu aos eleitores que o elejam para "liderar as transformações que a Costa Rica necessita em quatro anos com mais segurança, além de mais e melhores empregos".

O candidato vencedor deve obter um mínimo de 40% dos votos válidos para evitar um segundo turno eleitoral que, se necessário, ocorrerá no dia 4 de abril.

Outros seis candidatos de partidos minoritários também concorrem à Presidência, mas têm menos intenções de votos.

Pouco mais de 2,8 milhões de costarriquenhos poderão votar para escolher o presidente e 57 deputados da Assembleia Legislativa para um período de quatro anos.

As autoridades eleitorais da Costa Rica anunciaram que os primeiros resultados serão divulgados a partir das 20h local (meia-noite em Brasília).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host