UOL Notícias Notícias
 

09/02/2010 - 08h26

Bloco de premiê ucraniana decide contestar resultado de pleito

Kiev, 9 fev (EFE).- A coalizão da primeira-ministra da Ucrânia, Yulia Timoshenko, anunciou hoje que vai à Justiça impugnar os resultados do segundo turno das eleições presidenciais, que, segundo dados preliminares, foram vencidas pelo opositor Viktor Yanukovich.

"Ontem à noite, foi tomada a decisão de impugnar os resultados por colégios eleitorais, após a exigência de uma apuração por circunscrições. Se os tribunais nos derem razão, questionaremos os resultados gerais das eleições", declarou à agência "Unian" a número dois da aliança governista, a deputada Elena Shestik.

Segundo a legisladora, a possibilidade de os resultados de muitos colégios eleitorais serem impugnados é grande, já que há provas de irregularidades.

Shestik disse ainda que muitos eleitores, sobretudo no leste país, o reduto eleitoral de Yanukovich, votaram sem apresentar o título.

Mas, apesar dos esforços para mudar o resultado do pleito, a deputada admitiu que a recontagem dos votos em algumas circunscrições não necessariamente significará a repetição do segundo turno das eleições presidenciais.

De acordo com a Comissão Eleitoral Central, apurados 99,94% dos votos, Yanukovich (48,94%) liderava a disputa pela Presidência, seguido de perto de Timoshenko (45,48%).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host