UOL Notícias Notícias
 

09/02/2010 - 13h43

Milicianos islâmicos Basij tentam atacar embaixada da Itália no Irã

Roma, 9 fev (EFE).- Cerca de cem milicianos islâmicos "Basij" realizaram hoje uma manifestação "hostil" em frente à Embaixada da Itália em Teerã (Irã), e tentaram atacar sua sede, informou o ministro das Relações Exteriores italiano, Franco Frattini.

Em Roma, onde fez um pronunciamento ao Senado, Frattini explicou que as embaixadas de França e Holanda também foram alvo dos manifestantes, assim como outras representações europeias que não especificou.

Segundo o ministro italiano, os milicianos, "vestidos como civis", entoaram cânticos como "Morte à Itália, morte a Berlusconi", e a polícia iraniana conseguiu impedir que eles atacassem a embaixada.

Frattini explicou que os países da União Europeia "deverão chegar a uma mesma posição" sobre o caso, com o objetivo de "dar um sinal de alerta forte".

O ministro disse também que a embaixada italiana "permanece aberta" apesar do incidente, e acrescentou que orientou o embaixador em Teerã, Alberto Bradanini, para que a representação do país não participe na próxima quinta-feira das comemorações pelo 31º aniversário da criação da república islâmica.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host