UOL Notícias Notícias
 

10/02/2010 - 20h56

Morre congressista americano que inspirou o filme "Jogos do Poder"

Los Angeles (EUA), 10 fev (EFE).- O congressista americano Charles Wilson, que desempenhou um papel-chave na guerra do Afeganistão no anos 80 e foi imortalizado no cinema por Tom Hanks em "Jogos do Poder" (2007), morreu hoje no Texas aos 76 anos de ataque cardíaco.

Segundo a imprensa local, Wilson, um democrata cuja presença em festas ofuscou em algumas ocasiões seu trabalho político, tinha sido submetido a um transplante de coração em 2007.

Era conhecido como "o liberal de Lufkin", em alusão a essa região texana, próxima a Trinity, cidade onde nasceu. Ele se manteve no Congresso americano pelo segundo distrito do Texas de 1973 até 1997.

Wilson nunca escondeu seu peculiar estilo de vida e seus hábitos envolvendo bebidas e mulheres, presentes no filme do diretor Mike Nichols. No entanto, ele também foi uma das vozes principais para assegurar o bem-estar dos soldados em sua volta para casa.

O filme de Nichols mostrou os esforços de Wilson para abastecer grupos guerrilheiros respaldados pelos EUA frente à União Soviética durante o conflito afegão. Wilson, então membro do Comitê de Apropriações do Senado americano, ajudou a arrecadar o dinheiro para o armamento.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host