UOL Notícias Notícias
 

11/02/2010 - 15h10

Dupla explosão em complexo policial mata 12 pessoas no Paquistão

Islamabad, 11 fev (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram hoje, oito delas civis, e pelo menos 20 ficaram feridas em uma dupla explosão em um complexo da Polícia no noroeste do Paquistão, informou à Agência Efe uma fonte policial.

As explosões foram registradas em um intervalo de poucos minutos por volta das 19h locais (10h de Brasília) e ocorreram na porta principal e no interior das instalações da Polícia da cidade de Bannu, a principal de uma região homônima da Província da Fronteira do Noroeste (NWFP).

As primeiras investigações apontam para o uso de explosivos ativados por meio de controle remoto, embora alguns canais de televisão paquistaneses não descartem a possibilidade de que pelo menos uma das explosões tenha sido obra de um terrorista suicida.

Há cinco pessoas gravemente feridas, segundo a fonte policial consultada pela Efe.

O primeiro-ministro paquistanês, Yousef Raza Guilani, condenou o ataque e ordenou a abertura de uma investigação para esclarecer o ocorrido, segundo um comunicado oficial.

O distrito de Bannu fica na NWFP, mas é muito próximo da região tribal do Waziristão do Sul, onde o Exército do Paquistão realiza atualmente uma operação contra a insurgência talibã, que reivindicou a autoria da maioria dos ataques terroristas dos últimos meses.

Ontem, um atentado suicida contra um comboio das forças de segurança paquistanesas matou 19 pessoas na região tribal de Khyber, na fronteira com o Afeganistão.

Mais de três mil pessoas, civis em sua maioria, faleceram em 2009 em ataques terroristas no Paquistão, segundo um relatório recente do Instituto do Paquistão para Estudos de Paz.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h09

    0,02
    3,253
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h23

    1,58
    74.594,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host