UOL Notícias Notícias
 

11/02/2010 - 15h20

Iraque pedirá à França dinheiro usado em compra de aviões

Bagdá, 11 fev (EFE).- O Governo iraquiano vai pedir à França para que devolva 651 milhões de euros que pagou há 15 anos para comprar aviões de combate, dinheiro que ainda não foi devolvido ao país árabe, informou hoje um comunicado oficial.

Segundo uma nota do gabinete do porta-voz do Governo iraquiano, Ali al Dabbagh, Bagdá decidiu formar um comitê que se encarregará de negociar a devolução desta quantia paga pelo regime de Saddam Hussein à França para comprar caças-bombardeiros Mirage F-1.

Este comitê incluirá um representante da Presidência, acrescentou o texto, que não deu mais detalhes sobre os outros membros.

Em setembro de 1985, o regime de Saddam Hussein assinou um contrato com a França para comprar 24 aviões deste modelo e pagou antecipadamente, mas as aeronaves não foram entregues ao Iraque e o pagamento também não foi devolvido.

Quando o contrato foi assinado, o Iraque dispunha de 90 Mirage F-1. Compras adicionais destes aviões de combate foram barradas quando o Iraque invadiu o Kuwait, em 1990, em evento que desencadeou a Guerra do Golfo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h10

    -0,06
    3,274
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h18

    1,51
    62.606,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host