UOL Notícias Notícias
 

11/02/2010 - 19h37

Juiz ordena liberdade de americanos acusados de tráfico de crianças no Haiti

Porto Príncipe, 11 fev (EFE).- O juiz que investiga dez americanos acusados de tentar tirar 33 menores ilegalmente do Haiti autorizou hoje a libertação dos detidos, informou a rádio "Metropol".

O juiz Bernard Saint-Vil declarou ter assinado o pedido de liberdade apresentado pelos advogados dos detidos e o enviou à Promotoria que, de acordo com a lei haitiana, pode se pronunciar sobre a decisão, mas não anulá-la, diz a rádio.

Os americanos, cinco homens e cinco mulheres, pertencentes à organização batista New Life Children's Refuge, foram detidos no final de janeiro, quando tentavam entrar na República Dominicana em um ônibus com os menores, de entre 2 e 12 anos.

"Acabo de assinar o pedido de liberdade dos dez americanos apresentado pelos advogados e a enviei à Promotoria", disse o juiz, citado pela rádio.

Segundo o magistrado, os detidos "podem se dirigir diretamente ao aeroporto e ir para onde quiserem", mas têm que dar garantias de estar representados no caso se outras questões surgirem.

Depois que a Promotoria expressar seu parecer, o juiz pode ordenar oficialmente a saída dos americanos da prisão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host