UOL Notícias Notícias
 

13/02/2010 - 13h36

Confrontos marcam 65 anos do bombardeio aliado contra Dresden

Berlim, 13 fev (EFE).- Os 65 anos do bombardeio aliado contra a cidade alemã de Dresden, durante a Segunda Guerra Mundial, foram marcados hoje por confrontos entre neonazistas e manifestantes de esquerda, que tiveram que ser separados pela Polícia.

Segundo um porta-voz das forças de segurança, alguns agentes acabaram atacados pelos manifestantes durante o tumulto.

A confusão começou quando manifestantes de esquerda bloquearam o caminho de cerca de mil nazistas que marchavam por Dresden.

Até o momento, no entanto, não há registros de feridos nem de detidos.

Paralelamente ao confronto entre neonazistas e esquerdistas, a prefeita da cidade, Helma Orosz, participava de cordão humano pela paz, organizado por igrejas, partidos democráticos e outras organizações.

Essa ação pacífica, segundo a Polícia, reuniu milhares de pessoas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,27
    4,130
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h18

    1,23
    106.022,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host