UOL Notícias Notícias
 

17/02/2010 - 08h24

Paquistão confirma detenção de nº2 dos talibãs afegãos

Islamabad, 17 fev (EFE).- O Exército paquistanês confirmou hoje a detenção no Paquistão do número dois dos talibãs afegãos, o mulá Abdul Ghani Baradar.

Em mensagem à imprensa, o porta-voz militar Athar Abbas afirmou que o mulá foi identificado. Mas, alegando razões de segurança, não revelou onde ele está detido.

Funcionários do Governo dos Estados Unidos haviam dito ontem ao diário "The New York Times" que a detenção aconteceu na cidade de Karachi, sul do Afeganistão, em uma operação secreta dos serviços de inteligência paquistaneses (ISI) e americanos.

Também ontem porta-vozes do ISI evitaram comentar a detenção. O ministro do Interior do Paquistão, Rehman Malik, minimizou a notícia e garantiu que, se alguma captura for feita, o Governo informará a nação.

Conhecido como mulá Baradar Akhund, o suposto detido é considerado o chefe militar da insurgência e "número dois" do movimento liderado pelo mulá Omar. Durante o regime talibã afegão (1996-2001), ocupou o cargo de vice-ministro da Defesa.

A notícia coincide com uma grande ofensiva da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e do Exército afegão na província de Helmand (sul).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host