UOL Notícias Notícias
 

17/02/2010 - 14h32

Supostos membros da ETA são detidos perto de entrar na França

Barcelona, 17 fev (EFE).- Dois supostos membros da organização terrorista ETA foram detidos hoje pela Polícia num posto de fronteira próximo a Camprodon, no nordeste da Espanha, quando tentavam chegar a território francês.

Fontes da investigação disseram à Agencia Efe que eles foram identificados como Adur Aristegui El Aragón e Jon Rosales Palenzuela. O primeiro esteve vinculado ao "comando Vizcaya" da ETA, e o segundo à "kale borroka", ou luta andarilha de radicais no País Basco.

A detenção aconteceu quando agentes da Polícia regional catalã interceptaram ambos num controle além da fronteira e comprovaram que um deles era procurado por escapar de uma operação antiterrorista, além de estar proibido de deixar a Espanha.

El Aragón e Palenzuela não estavam armados.

Ontem, o suposto membro da organização Faustino Marcos Alvarez foi detido em Portbou, também na região nordeste, quando viajava num trem procedente de Paris com documentação falsa, um revólver e equipamentos de informática.

Marcos Álvarez permanecia foragido desde 2002, quando foi desarticulado o "comando Zelatun" da ETA em Guipúzcoa (País Basco).

Por sua vez, El Aragón já tinha sido detido anteriormente em 22 de julho de 2008, junto a outras oito pessoas acusadas de fazer parte do "comando Vizcaya" da organização terrorista.

O outro detido hoje, Jon Rosales, fez parte supostamente de um grupo de luta urbana que realizou diversas ações de sabotagem entre 2004 e 2007, com a queima de contêineres e de caixas de bancos, apedrejamento de ônibus e um ataque à sede de um partido político.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h18

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host