UOL Notícias Notícias
 

17/02/2010 - 10h55

Tribunal suspende resultado de eleição presidencial na Ucrânia

Kiev, 17 fev (EFE).- A Suprema Corte Administrativa da Ucrânia suspendeu hoje, temporariamente, o resultado das eleições presidenciais do último dia 7, que deram a vitória ao líder opositor Viktor Yanukovich.

Segundo a assessoria de imprensa do tribunal, a suspensão valerá até que os juízes se pronunciem sobre o recurso apresentado ontem pela primeira-ministra Yulia Timoshenko, que perdeu a votação e quer anular o resultado do pleito.

Ao mesmo tempo, o Supremo indeferiu um segundo recurso de Timoshenko, no qual a chefe do Governo pedia que Yanukovich fosse proibido de tomar posse como chefe do Estado.

Em sua reivindicação, Timoshenko pediu que o Supremo mande a Comissão Eleitoral Central "tomar a decisão de repetir a votação das eleições".

"Se o tribunal não permitir a apuração dos votos nos colégios eleitorais sobre os quais recaiam dúvidas para assim mostrar à Ucrânia a situação real, então não faz sentido falar de Justiça em nosso país", ressaltou a primeira-ministra após apresentar o recurso.

A carismática política que inspirou a Revolução Laranja de 2004 anexou à sua requisição oito volumes de documentos que, segundo ela, provam que houve fraude na região leste do país, o principal reduto eleitoral de Yanukovich.

"Temos certeza de que houve falsificação sistemática, fundamental e universal do segundo turno", disse a chefe de Governo, que cifrou em cinco as tecnologias de fraude inlcuídas na documentação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host