UOL Notícias Notícias
 

20/02/2010 - 13h20

Náufragos de veleiro canadense chegam a base naval no RJ

Rio de Janeiro, 20 fev (EFE).- Onze dos 64 náufragos do veleiro canadense "Concordia", que afundou na quinta-feira na costa brasileira devido a uma tempestade, chegaram hoje à base naval da ilha de Mocanguê, em Niterói (RJ).

O capitão do "Concordia" e um grupo de mulheres desembarcaram da fragata "Constituição" pouco antes das 11h (horário de Brasília) e foram recebidos na base naval pelo embaixador do Canadá no Brasil, Paul Hunt.

O "Concordia" era um navio-escola pertencente ao West Island College Internacional, uma academia para jovens que dá aulas de nível médio e universitário em alto-mar, e que tem sua sede em Lunenburg (Canadá).

O restante dos 64 náufragos do veleiro, que afundou a quase 300 milhas do litoral do Rio de Janeiro, devem chegar à mesma base da Marinha no começo da tarde.

Segundo a Marinha, o veleiro emitiu na quinta-feira à noite um sinal de emergência. Horas depois, os tripulantes de um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) avistaram uma balsa com várias pessoas a bordo.

O navio mercante "Hokuetsu Delight", que navegava próximo ao local do naufrágio, foi alertado pela Marinha e resgatou 48 pessoas que estavam no veleiro. Os outros 16 foram recolhidos depois.

O veleiro tinha chegado ao Recife no último dia 4 procedente de Dacar (Senegal). Quatro dias depois, zarpou rumo a Montevidéu, onde deveria chegar na próxima terça-feira.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h59

    -0,37
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h08

    2,11
    70.081,45
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host