UOL Notícias Notícias
 

25/02/2010 - 14h53

Comissão do Senado pede que Amorim explique posição do Brasil sobre Irã

Brasília, 25 fev (EFE).- A Comissão de Relações Exteriores do Senado decidiu hoje que convocará o chanceler Celso Amorim para explicar a posição do Governo em relação ao programa nuclear iraniano.

O senador João Tenório (PSDB-AL) afirmou ao apresentar a solicitação que vários "aliados tradicionais do Irã", entre os quais citou à Rússia, estão em alerta diante do programa nuclear conduzido pelo Governo iraniano.

O Brasil estreitou relações com o Irã nos últimos meses, defende o "direito" do país a um "desenvolvimento nuclear com fins pacíficos" e se opõe a aprovar medidas contra Teerã, pois considera que a solução para a crise só vira por meio do "diálogo".

Segundo Tenório, o suposto "apoio" que o Governo brasileiro manifesta ao Irã "pode ser perigoso, porque deixaria o Brasil no meio do foco de uma crise internacional".

A data do comparecimento de Amorim à comissão será discutida com o Ministério das Relações Exteriores, mas os senadores querem que isso aconteça antes de 15 de maio, quando Lula retribuirá a Ahmadinejad a visita que este fez ao Brasil em novembro passado.

Em março, antes de sua visita ao Irã, Lula deve fazer uma viagem pelo Oriente Médio, que incluirá escalas em Israel, Jordânia e nos territórios palestinos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h49

    0,20
    3,272
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h51

    -0,54
    63.741,54
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host