UOL Notícias Notícias
 

25/02/2010 - 23h08

Lula chega a El Salvador para visita oficial

San Salvador, 25 fev (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou hoje a El Salvador para mais uma visita oficial dentro de sua viagem por vários países da América, para estreitar os laços com o Governo de Mauricio Funes.

Lula chegou ao aeroporto internacional El Salvador em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB). A passagem por San Salvador é a última etapa da viagem que o levou a México, Cuba e Haiti, país onde esteve ainda hoje.

Ao chegar, Lula não deu declarações à imprensa, e recebeu as chaves da cidade de San Salvador de mãos do prefeito, Norman Quijano, que, além disso, declarou que o presidente é um "hóspede de honra".

Depois, recebeu presentes de crianças locais e partiu para o hotel, onde iria descansar antes de chegar à residência presidencial para participar de um jantar oferecido por Funes.

Durante a estadia de menos de 24 horas, Lula vai assinar diversos acordos com Funes, entre eles uma carta de entendimento para um crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a modernização do transporte público salvadorenho.

O ministro salvadorenho de Relações Exteriores, Hugo Martínez, disse à imprensa que também serão assinados acordos em matéria de saúde, cooperação agrícola e cooperação para desenvolvimento e inclusão social, entre outros.

"A visita é um acontecimento muito importante para a vida política, econômica e social de El Salvador", assegurou o chanceler, que destacou que o Brasil "é uma das economias emergentes mais fortes no mundo" e "tem um grande peso no cenário internacional".

"El Salvador é um país estratégico para nós na região. Pretendo reforçar as relações bilaterais e ampliar a cooperação com o Governo do presidente Funes para avançar em atividades conjuntas em matéria de políticas sociais e de combate à pobreza", afirmou Lula, em entrevista que foi publicada pelo jornal "La Prensa Gráfica", de San Salvador.

Funes, da ex-guerrilha da Frente Farabundo Martí para a libertação Nacional (FMLN), declarou ao assumir o cargo em junho de 2009 que Lula e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, seriam as referências de seu mandato.

Lula, que completa seu quarta visita a El Salvador desde 2003, se reuniu no Brasil com Funes como presidente eleito em março do ano passado e novamente em setembro, quando o salvadorenho tinha completado 100 dias no poder.

Durante a visita, o governante salvadorenho vai conceder a Lula a ordem de José Matías Delgado, o maior reconhecimento do país. O presidente brasileiro, por sua vez, vai oferecer a Funes a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, em grau de grande colar, também o mais alto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h10

    0,12
    3,336
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h14

    0,34
    60.968,43
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host