UOL Notícias Notícias
 

26/02/2010 - 21h20

Brasil teme que doações de alimentos limitem produção local do Haiti

Brasília, 26 fev (EFE).- O Governo do Brasil teme que as doações de produtos estrangeiros para a reconstrução do Haiti, devastado pelo terremoto de 12 de janeiro, limitem a produção local e por isso a cooperação brasileira será em dinheiro, afirmou hoje o ministro da Defesa, Nelson Jobim.

Em encontro com o subsecretário para Assuntos Políticos dos Estados Unidos, Willian Burns, Jobim disse temer que a chegada de alimentos restringem a produção dos haitianos e desestimula o mercado local.

"Por isso, o Governo brasileiro dará prioridade à ajuda em dinheiro e estimulará a produção local com assistência técnica", ressaltou Jobim em declarações divulgadas pelo Ministério da Defesa.

Segundo a nota, Jobim agradeceu a Burns a cooperação do Governo americano às tropas brasileiras que estavam no Haiti no momento do terremoto e que participaram dos trabalhos de resgate.

Ontem, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajou ao Haiti e, após visualizar a magnitude da tragédia, se reuniu com seu colega haitiano, René Préval.

Segundo números oficiais, cerca de 217 mil pessoas morreram no terremoto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host