UOL Notícias Notícias
 

26/02/2010 - 23h06

Hillary vê com otimismo possível retomada do diálogo com Coreia do Norte

Washington, 26 fev (EFE).- A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, disse hoje se sentir "otimista" diante dos sinais de que a Coreia do Norte poderia restabelecer o diálogo e retomar assim as estagnadas negociações sobre o programa nuclear.

A chanceler americana fez estas declarações após se reunir no Departamento de Estado com o ministro de Assuntos Exteriores sul-coreano, Yu Myung-hwan.

No momento, o representante especial dos Estados Unidos para a Coreia do Norte, Stephen Bosworth, está finalizando sua viagem asiática por Seul, Pequim e Tóquio, que, junto com Washington, estão pressionando Pyongyang para que retome o diálogo. O diálogo de seis lados inclui as duas Coreias, Rússia, Japão, China e EUA.

Hillary afirmou que Sung Kim, responsável de assuntos coreanos do Departamento de Estado e negociador no diálogo de seis lados, e Bosworth se sentem "otimistas" com os resultados de seus esforços e os de seus parceiros para buscar a retomada do diálogo.

A secretária de Estado indicou que os EUA continuarão pressionando para conseguir o reatamento das conversas nucleares com a Coreia do Norte e trabalhando com a China, que preside o diálogo de seis lados, para que se convoque uma nova rodada de negociações.

"Em última instância, isso depende dos norte-coreanos. Mas nós nos sentimos otimistas com os sinais de progresso que vemos para retomar o diálogo", afirmou Clinton.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host