UOL Notícias Notícias
 

26/02/2010 - 04h31

Seca já afeta 11 milhões de pessoas na China

Pequim, 26 fev (EFE).- Pelo menos 11 milhões de pessoas em 15 províncias da China estão sofrendo com a seca que castiga o país, enquanto os meteorologistas preveem que não vai a chover a curto prazo, informou hoje o diário oficial "China Daily".

As províncias mais castigadas são Yunnan (sul), com cerca de seis milhões de pessoas e quatro milhões de cabeças de gado afetadas, Guangxi e Guizhou (também ao sul) e Sichuan, Shaanxi, Chongqing e Henan (centro).

As estatísticas oficiais mostram que, desde 20 de fevereiro, cerca de 11 milhões de pessoas e oito milhões de animais não têm acesso a água potável, e 3,56 milhões de hectares de terras de cultivo foram atingidas pela seca, a maior dos últimos 50 anos.

Além disso, o ministro da Agricultura, Wei Chaoan, anunciou que uma pesquisa de seu ministério mostrou que o crescimento do trigo durante este inverno tinha sido o pior dos últimos cinco anos, e a seca é uma das razões.

Segundo o escritório meteorológico da província de Yunnan, a mais afetada, não há expectativa de chuva, e o período de seca pode se estender até o mês de maio, quando começa a estação chuvosa na região.

Cerca de 85% dos cultivos de Yunnan foram afetados, e a província já perdeu 10 bilhões de iuanes (US$ 1,46 bilhões) no setor agrícola, informou o governador provincial, Qin Guangrong.

A situação afetou também o rio Mekong, que nasce no planalto tibetano, passa por Yunnan, Mianmar, Tailândia, Laos, Camboja e termina seu curso no Vietnã, e que tem metade de seu caudal habitual para a época.

Habitualmente, o Mekong, 12º rio mais longo do mundo, tem um caudal entre 400 ou 500 metros cúbicos por segundo nesta época do ano, entretanto, atualmente só tem 250.

Segundo os meteorologistas, o sul da China está sendo afetado pelo fenômeno de "El Niño", que causou aumento das temperaturas e redução das precipitações.

O efeito estufa também pode ser um fator agravante da situação, já que meteorologistas calculam que o clima do inverno na região aumentou a um ritmo de 0,2 graus por década.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host