UOL Notícias Notícias
 

27/02/2010 - 11h57

Procuradorias alem?s investigam o assassinato de Mabhouh

Berlim, 27 fev (EFE).- A Promotoria de Col?nia e a Promotoria Federal alem? abriram investiga??es pelo homic?dio em Dubai do l?der do Hamas Mahmoud al-Mabhouh, no qual os assassinos utilizaram passaportes alem?es.

A investiga??o come?ou justamente por isso, pelo uso ilegal de passaportes alem?es, como informou hoje o seman?rio "Der Spiegel".

Segundo o jornal, os servi?os secretos alem?es, o BND, afirmaram que o crime teria sido planejado e executado em 19 de janeiro, por agentes do servi?o de espionagem exterior israelense Mossad.

A mesma publica??o revela que os supostos agentes israelenses solicitaram em 2009 um passaporte alem?o com o nome de Michael Bodenheimer ao Escrit?rio Federal Ao administrativo de Col?nia, o homem alegou a origem germ?nica de seus pais que sofreram a persegui??o pelo nazismo para retirar o documento.

O suposto agente realizou os tr?mites administrativos para obter a nacionalidade alem? e aceder ao passaporte atrav?s de um escrit?rio de advogados.

Aparentemente, o falso Bodenheimer utilizou pela primeira vez o documento de identifica??o internacional em 8 de novembro de 2009 para voar de Frankfurt a Dubai.

Os servi?os secretos alem?es consideram que ele realizou a viagem para testar o passaporte ou para uma tentativa fracassada de assassinar a Mahmoud al-Mabhouh.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host