UOL Notícias Notícias
 

28/02/2010 - 23h32

Equipamentos médicos argentinos são 1ª ajuda estrangeira a chegar ao Chile

Santiago do Chile, 28 mar (EFE).- Equipamentos médicos procedentes da Argentina chegam esta segunda-feira ao Chile no primeiro envio de ajuda internacional após o terremoto que este sábado assolou grande parte do país e causou mais de 700 mortos.

Trata-se de três hospitais de campanha da Argentina com equipamentos eletrógenos, duas unidades potabilizadoras, vacinas para hepatite A e telefones por satélite enviados sob a coordenação da Organização Pan-Americana da Saúde.

Segundo informou o Ministério da Saúde do Chile, na área da catástrofe existem 94 estabelecimentos de hospedagem, dos quais oito estão inabilitados, dez apresentam danos severos e estão sendo revisados, e 76 estão operacionais.

Os maiores problemas estão na zona de catástrofe, especialmente nas regiões do Maule e Bío-Bío.

Na Região Metropolitana de Santiago os hospitais funcionam com normalidade e os doentes estão bem atendidos, asseguram as autoridades.

A maioria dos recintos de hospedagem na capital do país sofreu apenas quedas de tetos falsos e fendas em revestimentos e tabiques, mas não danos estruturais.

  • Reuters

    Parentes e bombeiros buscam por sobreviventes entre os escombros na cidade de Concepción

No resto do país, desde Arica, a região mais ao norte, até Valparaíso, no litoral central, a rede assistencial funciona com normalidade e, segundo as primeiras revisões, não existem danos estruturais graves.

Por outro lado, o Exército desdobrou pessoal e recursos nas regiões devastadas após os requerimentos feitos pelas autoridades para ajudar as vítimas do terremoto de mais de oito graus de magnitude na escala aberta de Richter.

 

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,32
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,56
    63.760,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host