UOL Notícias Notícias
 

01/03/2010 - 16h54

Governo italiano aprova lei contra corrupção

Roma, 1 mar (EFE).- O Governo italiano, presidido por Silvio Berlusconi, aprovou hoje um projeto de lei com o qual pretende intensificar a luta contra a corrupção, um assunto muito atual na Itália pelos contínuos escândalos descobertos recentemente.

A aprovação da lei foi informada pelo ministro da Justiça, Angelino Alfano, o da Defesa, Ignazio La Russa, e o de Administrações Públicas, Renato Brunetta, em entrevista coletiva posterior ao Conselho de Ministros realizado hoje em Roma.

"(O projeto) Contou com a forte vontade de Silvio Berlusconi de criar uma lei ampla, que afete não só os aspectos sancionadores, mas esteja em disposição de garantir uma maior eficácia e um bom Governo", disse Alfano.

"Nossos partidos não precisam de dinheiro roubado para sobreviver. Quem rouba faz isso em benefício próprio, e deve pagar por isto", acrescentou o ministro, em referência às duas legendas que dividem o Executivo, o Povo da Liberdade (PDL), de Berlusconi, e a Liga Norte (LN), de Umberto Bossi.

O projeto de lei, que agora deverá ser ratificado pelo Parlamento italiano, se baseia em três aspectos fundamentais: uma nova disciplina contra a corrupção nas instituições locais, com um maior controle das concessões das obras públicas, um plano anticorrupção e novas normas sancionadoras.

Este projeto de lei é lançado no momento em que a Justiça italiana investiga uma suposta rede de evasão fiscal e lavagem de dinheiro de dimensões internacionais, assim como uma suposta ajuda da máfia calabresa da Ndrangheta à eleição do senador Nicola di Girolamo, do PDL.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host