UOL Notícias Notícias
 

03/03/2010 - 12h26

Países árabes vão mediar contatos entre palestinos e israelenses

(Atualiza com mais dados sobre as negociações).

Cairo, 3 mar (EFE).- Os ministros de Assuntos Exteriores dos países árabes aceitaram hoje intermediar por quatro meses as negociações de paz entre palestinos e israelenses.

A TV estatal egípcia informou que a decisão, anunciada pelo negociador palestino Saeb Erekat, foi tomada durante uma reunião que o Comitê da Iniciativa Árabe de Paz realizou hoje na sede da Liga Árabe.

Os ministros aceitaram a mediação depois que estudaram uma proposta americana para o lançamento de negociações indiretas entre palestinos e israelenses.

Após a reunião, Erekat afirmou aos jornalistas que "o Comitê decidiu dar uma oportunidade à proposta americana para que palestinos e israelenses comecem a negociar indiretamente durante quatro meses".

O negociador palestino também disse que os ministros árabes esperam que o Governo americano dê sua contribuição ao diálogo, já que "Israel impõe obstáculos" com o objetivo "de abortar os esforços de paz".

Segundo Erekat, os ministros árabes têm consciência das "práticas israelenses", como a construção de novos assentamentos judaicos, a contínua ocupação dos territórios palestinos e a recente entrada da Polícia israelense na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém.

"Todas estas (práticas) fazem parte da política israelense para abortar o processo de paz", concluiu Erekat.

No entanto, os ministros disseram que os palestinos não começarão negociações diretas se Israel continuar construindo assentamentos nos territórios ocupados.

Além disso, destacaram que as negociações indiretas, às quais se referiram como "a última oportunidade" para a paz, só se tornarão diretas sob certas condições.

Os ministros também se comprometeram a se reunir em julho para avaliar a situação após os quatro meses de diálogo.

Caso as negociações não sejam bem-sucedidas, os países árabes pedirão ao Conselho de Segurança da ONU que convoque uma reunião urgente para tratar do conflito árabe-israelense e que, na ocasião, os Estados Unidos não utilizem seu poder de veto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host