UOL Notícias Notícias
 

04/03/2010 - 07h08

Combate mata pelo menos 30 supostos talibãs e um militar paquistanês

Nova Délhi, 4 mar (EFE).- Pelo menos 30 supostos talibãs e um membro das forças de segurança paquistanesas morreram hoje em um combate em uma região tribal fronteiriça com o Afeganistão, informou uma fonte militar citada pelo canal televisivo "Geo".

O combate começou quando um grupo de insurgentes assaltou um posto de controle das forças de segurança na região paquistanesa de Mohmand, segundo a fonte.

Começou então um intenso confronto armado, no qual 30 insurgentes e um soldado morreram, embora os dados informados pelo Exército sobre as ofensivas e combates nas áreas tribais do Paquistão precisem sempre de comprovação independente.

O ataque insurgente acontece dois dias depois que as Forças Armadas do Paquistão, após um mês de ofensiva das forças de segurança fronteiriças contra os talibãs, asseguraram ter tomado totalmente o controle da demarcação tribal limítrofe de Bajaur.

Nesta região - cenário de uma grande ofensiva no verão de 2008 - houve uma alta da insurgência durante os últimos meses.

O Exército paquistanês tem atualmente frentes destacadas em quase todas as áreas que formam o conflituoso cinto tribal da fronteira com o Afeganistão e no vale de Swat, norte do país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,28
    3,182
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,29
    64.676,55
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host