UOL Notícias Notícias
 

04/03/2010 - 12h13

Piloto quase cochila em pleno voo após tomar remédio para dormir

Em Jerusalém

Um piloto da companhia israelense El Al tomou por engano um comprimido de dormir enquanto estava em pleno voo e, como ficou sonolento, foi obrigado a deixar a cabine de comando da aeronave, segundo uma investigação da companhia aérea revelada pelo jornal "Ha'aretz".

O incidente aconteceu há duas semanas, em um Boeing 737 que voava de Kiev, na Ucrânia, para Tel Aviv, em Israel. No voo havia 100 passageiros a bordo.

Segundo informações, o piloto confundiu o comprimido contra pressão alta que está acostumado a tomar com outro para dormir. Após ingerir o medicamento, ele começou ficar lento e desorientado.

Quando o comandante estava prestes a dormir, uma aeromoça veio em seu socorro e o tirou da cabine para que se recuperasse.

A El Al garantiu ao "Ha'aretz" que "os passageiros não ficaram em perigo em nenhum momento" e que o copiloto atuou "conforme o estabelecido, ao permitir que o piloto se recuperasse fora da cabine de comando".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host