UOL Notícias Notícias
 

04/03/2010 - 05h04

Terremoto em Taiwan destruiu pelo menos cem escolas

Em Taipé

Por enquanto não há notícias de mortes causadas pelo terremoto de 6,4 graus que atingiu Taiwan na manhã desta quinta-feira (pelo horário local), mas pelo menos cem escolas foram destruídas com o abalo.

O presidente taiuanês, Ma Ying-jeou, criou um grupo especial de resposta para ajudar as pessoas afetadas. A todo momento surgem notícias sobre a devastação causada pelo sismo.

  • Tremor causa destruição (vídeo sem áudio)


Pelo menos 13 pessoas, a maioria crianças, ficaram feridas pela queda de uma escola na localidade de Chiayi.

Segundo dados do Ministério da Educação, pelo menos 100 escolas foram total ou parcialmente destruídas. Também foram registrados danos graves em pelo menos três edifícios e uma ponte no distrito de Kaohsiung (sul).

Foram confirmados vários incêndios, causados principalmente por rompimentos em encanamentos de gás, entre eles o de uma fábrica têxtil da cidade de Tainan, causando perdas de mais de US$ 3 milhões.

O serviço do metrô em Kaohsiung e de trem de Alta Velocidade no sul da ilha foram suspensos, mas já voltaram à normalidade.

O terremoto, que teve epicentro no sudeste de Taiwan, foi sentido na capital da ilha, Taipé, situada a cerca de 400 quilômetros, onde houve cortes de eletricidade em mais de 54 mil casas.

Taiwan ativou o mecanismo de resposta a terremotos e mobilizou bombeiros e militares, que se deslocaram aos lugares mais afetados para avaliar os danos e definir medidas oportunas.

Helicópteros e soldados estão nas áreas atingidas prestando socorro às vítimas.

Taiwan sofreu em 21 de setembro de 1999 seu terremoto mais devastador dos últimos cem anos. Com 7,3 graus de magnitude, o abalo causou mais de 2.400 mortes.

 

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h49

    -0,17
    3,176
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h57

    0,93
    65.277,68
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host