UOL Notícias Notícias
 

05/03/2010 - 17h24

Braço da Al Qaeda declara 'toque de recolher' no Iraque durante eleições

Washington, 5 mar (EFE).- A organização Estado Islâmico do Iraque, suposto braço da rede terrorista Al Qaeda no país, declarou um 'toque de recolher' em todo o território iraquiano para impedir a realização das eleições legislativas no domingo.

Segundo o SITE Intelligence Group, organização privada sediada nos Estados Unidos e que estuda terroristas muçulmanos, o suposto anúncio do toque de recolher "saiu em comunicado emitido em fóruns jihadistas no dia 5 de março".

"O líder de Estado Islâmico do Iraque, Abu Omar al-Baghdadi, tinha ameaçado dar uma resposta às eleições e, em discurso divulgado em 12 de fevereiro, disse que seu grupo impediria as eleições por todos os meios possíveis, e principalmente por meios militares", disse o SITE Intelligence Group.

O suposto toque de recolher estará vigente das 6h às 18h de domingo (horários locais).

No comunicado citado pelo SITE Intelligence Group, o Estado Islâmico do Iraque diz que "as eleições só trarão prejuízos para os sunitas e darão aos xiitas um mandato para exercer o poder".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host