UOL Notícias Notícias
 

14/03/2010 - 06h24

Para Wen Jiabao, confronto entre China e EUA só teria perdedores

Pequim, 14 mar (EFE).- O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, admitiu hoje a deterioração das relações entre China e Estados Unidos, em função de casos recentes como a reunião entre o presidente Barack Obama e o Dalai Lama, mas defendeu o dialógo com Washington porque "em um confronto, ambos seríamos perdedores".

Após a chegada de Obama à Presidência, houve um bom começo nas relações bilaterais com a China, mas a recente visita do Dalai Lama aos EUA e a venda de armas a Taiwan causaram um grande atrito entre as nações, destacou Wen em entrevista coletiva após a sessão da Assembleia Nacional Popular (ANP) da China, o Legislativo do país.

"A responsabilidade dessa situação é totalmente dos Estados Unidos", destacou Wen. Para ele, essas duas atuações específicas de Washington (Dalai Lama e Taiwan) "violaram a soberania chinesa e sua integridade territorial".

Apesar de tudo, o primeiro-ministro ressaltou que a relação da China com os Estados Unidos "é o mais importante laço" com outro país para Pequim. Ele acrescentou que essa relação "vai além do bilateral, pois afeta todo o mundo".

Por isso, Wen pediu a Washington que respeite os comunicados conjuntos assinados entre os dois países quando estabeleceram suas relações diplomáticas nos anos 70, "a fim de restaurar e melhorar os laços", destacando que "sempre será melhor o diálogo do que o confronto".

O conflito entre Pequim e a empresa americana Google, as pressões norte-americanas para que Pequim revalorize o iuane e algumas medidas comerciais protecionistas de ambos para limitar a entrada mútua de alguns produtos foram outros focos de tensão bilateral nos últimos meses.

Os analistas previram que 2010 seria muito sensível para as relações entre Pequim e Washington.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host