UOL Notícias Notícias
 

17/03/2010 - 03h34

Ataques deixam 13 mortos no Paquistão

Islamabad, 17 mar (EFE).- Pelo menos 13 pessoas, incluindo cinco membros de forças de segurança, morreram nesta quarta-feira em diferentes ataques, realizados por insurgentes e, supostamente, por aviões dos Estados Unidos, no Paquistão.

Um ataque insurgente na região tribal de Khyber (noroeste do país) matou pelo menos cinco membros das forças de segurança locais.

Segundo fontes oficiais, citadas pelos canais televisivos "Geo TV" e "Dawn", o ataque aconteceu no começo da manhã (pelo horário local) em um posto de controle da região de Akakhel, onde os fundamentalistas trocaram tiros com as forças de segurança antes de fugirem.

Em outras regiões tribais, pelo menos oito pessoas morreram depois de supostos aviões não tripulados dos EUA lançarem seis mísseis. Cinco deles atigiram um carro na zona de Hamzoni, no Waziristão do norte, e outro acertou uma casa em Mezramda Khel.

Na terça-feira, pelo menos onze pessoas - incluindo alguns insurgentes - morreram em um ataque semelhante na zona de Datta Khel, da mesma demarcação, usado como refúgio por membros da Al Qaeda e de grupos talibãs.

Segundo relatório recente do Instituto do Paquistão para Estudos de Paz, os aviões americanos não tripulados efetuaram um total de 32 ataques deste tipo em 2008 e 51 em 2009 no país.

Desde o início do ano, cerca de 30 ataques aconteceram nas regiões tribais paquistanesas, a maioria na demarcação atacada hoje.

O Governo local rejeita em público estes ataques, mas fontes oficiais dos EUA e do Paquistão consultadas pela agência Efe reconheceram que os serviços de inteligência dos dois países trabalham juntos para realizar as ações.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host