UOL Notícias Notícias
 

18/03/2010 - 16h45

Clinton e Bush devem ir ao Haiti tratar de reconstrução

Nova York, 18 mar (EFE).- Os ex-presidentes americanos Bill Clinton e George W. Bush devem ir na segunda-feira ao Haiti conversar com os representantes do Governo local sobre a tarefa de reconstrução do país, anunciou hoje a Fundação Clinton.

A organização filantrópica explicou que a viagem faz parte do trabalho humanitário que os dois ex-presidentes realizam como responsáveis do Fundo Clinton-Bush para a reconstrução do Haiti, devastado por um poderoso terremoto em janeiro.

"Os presidentes Clinton e Bush se reunirão com representantes do povo haitiano, o Governo do Haiti e outras entidades envolvidas em ajudar os sobreviventes do terremoto. O objetivo é reforçar os esforços de recuperação e reconstrução do país a longo prazo", assinala a fundação em comunicado.

As reuniões também servirão para preparar a conferência de doadores de 31 de março, na sede das Nações Unidas em Nova York, quando o Governo haitiano deve apresentar um plano nacional para a reconstrução.

Em uma reunião preparatória realizada terça e quarta-feira em Santo Domingo, o valor necessário para financiar durante 18 meses a reconstrução da nação caribenha foi estimando em US$ 3,8 bilhões.

No encontro, também foi proposta a criação de um fundo de reconstrução e de um órgão paralelo que determinaria as principais necessidades do país, que seria chefiado pelo primeiro-ministro do Haiti, Jean Max Bellerive, e por Clinton, na qualidade de enviado especial das Nações Unidas.

Bush e Clinton estabeleceram o Fundo para o Haiti poucos dias depois do terremoto a pedido do presidente dos EUA, Barack Obama.

Até o momento, mais de 200 mil pessoas fizeram doações ao fundo, que conta com US$ 36 milhões. Do montante, US$ 4 milhões já foram distribuídos a diversas organizações que prestam ajuda aos desabrigados pela catástrofe.

O terremoto de 7 graus na escala Richter que castigou o Haiti no dia 12 de janeiro causou mais de 222 mil mortes e deixou 1,2 milhão de pessoas sem lar, muitas das quais seguem vivendo em acampamentos improvisados.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host