UOL Notícias Notícias
 

18/03/2010 - 06h58

Colaborador da Cruz Vermelha é libertado de sequestro no Sudão

Genebra, 18 mar (EFE).- O colaborador francês do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), Gauthier Lefevre, foi libertado hoje, quase cinco meses após seu sequestro na região sudanesa de Darfur, informou a organização humanitária.

A libertação aconteceu na região de Al Geneina, capital de Darfur Ocidental, após 147 dias de cativeiro.

Segundo os primeiros companheiros que tiveram contato, Lefevre parece "esgotado pela experiência", mas não aparenta ter problemas de saúde.

"Estamos aliviados e felizes porque Gauthier em breve voltará a estar com seus familiares e amigos, que viveram um doloroso pesadelo durante quase cinco meses, e esperam impacientemente por seu retorno", declarou o chefe da delegação do CICV no Sudão, Jordi Raich.

Lefevre foi sequestrado poucos quilômetros a norte de Al Geneina, quando retornava à cidade com outros colaboradores da Cruz Vermelha.

O presidente do CICV, Jakob Kellenberger, discutiu o caso recentemente com o presidente do Sudão, Omar Hassan Ahmad al-Bashir, que garantiu que seu Governo trabalhava por sua segurança e libertação.

O CICV atende às vítimas do conflito em Darfur, que desde 2004 causou cerca de 300 mil mortes e dois milhões de deslocados, em uma de suas maiores operações humanitárias no mundo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host