UOL Notícias Notícias
 
24/03/2010 - 14h08

Mulher morta em atentado em Jerusalém era turista britânica

(Acrescenta nome da vítima)

Jerusalém, 24 mar (EFE).- A mulher que morreu na quarta-feira no atentado a bomba perto da estação de ônibus de Jerusalém era uma turista britânica de 56 anos, informou a imprensa local nesta quinta.

A mulher foi identificada como Mary-Jane Gardner, e no momento do atentado não levava consigo nenhuma documentação, o que atrasou todo o processo, informou o serviço de notícias "E-NET", que acrescentou que 12 dos cerca de 40 feridos continuam hospitalizados.

A Polícia israelense mantém suas forças no nível de alerta máximo, reforçou o número de agentes em Jerusalém e em seus arredores e realiza operações no país para encontrar os culpados, informou a rádio pública.

O atentado ocorreu na quarta-feira às 15h da hora local (9h de Brasília) entre o centro de convenções e congressos de Jerusalém, Binyanei Hauma, e a estação central de ônibus da cidade, um local pelo qual transitam milhares de pessoas todos os dias.

A carga explosiva, que pesava entre um e dois quilos, estava escondida dentro de uma bolsa junto a uma cabine telefônica e dois ônibus cheios de passageiros.

Nenhum grupo palestino reivindicou a autoria do ataque.

A comunidade internacional condenou duramente o atentado, o primeiro a bomba ocorrido em Jerusalém em sete anos, o que despertou entre a população israelense o fantasma da segunda intifada palestina.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host