UOL Notícias Notícias
 

24/03/2010 - 09h09

França estuda taxar bancos para socorrê-los em caso de quebra

Paris, 24 mar (EFE).- A ministra de Economia e Finanças da França, Christine Lagarde, disse hoje que seu Governo estuda criar um imposto sobre os bancos cuja arrecadação seria utilizada em caso de quebra de uma instituição financeira.

Em entrevista à rádio "RMC", Lagarde se declarou a favor desse tipo de taxa, mas discordou do tributo proposto pela Alemanha, cujo Governo decidiu que deveria alimentar um fundo de aproximadamente 1 bilhão de euros ao ano.

"A questão é saber qual será o valor desta taxa e a que ela será destinada", afirmou a ministra, que cogita duas possibilidades: a criação de um fundo de garantia para casos de quebra ou a incorporação do dinheiro ao Orçamento do Estado, que é quem "é obrigado" a salvar as entidades financeiras em dificuldade.

Lagarde afirmou que a taxação "é uma ideia na qual a França trabalha há vários meses" e que já foi discutida com o Fundo Monetário Internacional (FMI), órgão convidado a fazer algumas "propostas".

Especificamente, segundo a ministra, o FMI deverá apresentar recomendações que permitam aos Estados "recuperar o dinheiro público usado para ajudar os bancos e outras entidades financeiras durante a crise".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h49

    0,29
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h58

    1,26
    63.452,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host