UOL Notícias Notícias
 

24/03/2010 - 09h37

Renuncia bispo irlandês envolvido em casos de pedofilia

Cidade do Vaticano, 24 mar (EFE).- O papa Bento XVI aceitou hoje a renúncia do bispo irlandês John Magee por seu envolvimento nos casos de padres pedófilos registrados no país, informou hoje o Vaticano.

John Magee, que chegou a ser secretário privado dos papas Paulo VI, João Paulo I e João Paulo II, apresentou sua renúncia em 7 de março, quando foi noticiado que ele havia protelado as investigações sobre os casos de pedofilia denunciados na diocese de Cloyne.

A renúncia foi aceita em conformidade com o artigo 401/2 do Código de Direito Canônico, que "roga encarecidamente" aos bispos diocesanos que apresentem sua renúncia se tiverem sua capacidade para desempenhar o posto comprometida "por doença ou outra causa grave".

O bispo é um dos quatro prelados que renunciaram nos últimos meses após a divulgação de dois relatórios oficiais que revelaram que, durante 70 anos, centenas de crianças irlandesas foram abusadas sexualmente por padres, sobretudo na arquidiocese de Dublin.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h59

    -0,15
    3,274
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h02

    0,11
    63.325,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host