UOL Notícias Notícias
 

25/03/2010 - 23h11

Congresso aprova emendas à reforma na saúde e envia a Obama

Washington, 25 mar (EFE).- O Congresso dos Estados Unidos aprovou hoje o plano de emendas à reforma no sistema de saúde, o último passo legislativo do longo processo, e o enviou ao presidente Barack Obama para promulgação.

A Câmara de Representantes aprovou o plano com 220 votos a favor e 207 contra. Antes, o Senado dera seu aval com 56 votos a favor e 43 contra.

As emendas modificam a lei de reforma que o presidente Obama promulgou na terça-feira passada.

As mudanças incidem sobre benefícios a pessoas de idade avançada, para as de baixa renda e a famílias de classe média.

Especificamente, as emendas asseguram mais subsídios e créditos tributários para que pessoas pobres e de classe média possam pagar um seguro, e permite que os pais de família mantenham os filhos em seu plano de saúde até os 26 anos.

Também proíbe, seis meses após sua promulgação, que as seguradoras neguem cobertura médica a crianças com problemas médicos preexistentes. A proibição se estenderá ao resto da população assegurada em 2014.

Obama viajou hoje a Iowa como parte de uma campanha de conscientização sobre os benefícios da reforma, no momento em que, com a aproximação das eleições legislativas de 2 de novembro, o país permanece polarizado sobre o assunto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host