UOL Notícias Notícias
 

26/03/2010 - 02h18

Em visita a Pequim, Blair analisa cooperação britânica com a China

Pequim, 26 mar (EFE).- O vice-primeiro-ministro chinês Li Keqiang analisou hoje em Pequim com o ex-primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, assuntos como a cooperação entre China e Reino Unido, segundo a agência oficial de notícias "Xinhua".

Durante o encontro, Li assegurou que "China e Reino Unido são dois países influentes no mundo e devem ter a oportunidade de aumentar a cooperação e a confiança mútua, o que beneficiaria os dois países e o mundo".

Além disso, o vice-primeiro-ministro chinês assinalou que Pequim "seguirá participando ativamente na cooperação internacional para encarar a crise financeira mundial, a mudança climática e a atenção sanitária".

Por outro lado, Li agradeceu os esforços de Blair no avanço "das relações entre China e Reino Unido", e acrescentou que espera que ele siga desempenhando um papel ativo na troca e cooperação entre a China e os países ocidentais.

Na semana passada, o ministro de Assuntos Exteriores britânico, David Miliband, se reuniu em Pequim com vários líderes do regime comunista, entre eles seu colega chinês, Yang Jiechi, com o Irã como principal assunto da agenda, mas não conseguiu fazer com que Pequim se somasse às sanções propostas pela ONU contra Teerã.

China e Reino Unido viveram um dos momentos mais tensos no dia 29 de dezembro do ano passado, quando a justiça chinesa executou um britânico de origem paquistanesa por narcotráfico.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, a família do homem executado e organizações pró direitos humanos pressionaram para que a execução fosse cancelada, alegando que o homem tinha um distúrbio mental e não sabia que carregava drogas quando foi preso.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host