UOL Notícias Notícias
 

27/03/2010 - 20h59

Cerca de 10 pessoas foram assassinadas na fronteira do México com os EUA

Ciudad Juárez (México), 27 mar (EFE).- Onze pessoas foram assassinadas nas últimas horas em diversos ataques na cidade mexicana de Ciudad Juárez, na fronteira com os Estados Unidos.

O primeiro ataque ocorreu na noite da sexta-feira no sul de Ciudad Juárez, uma das cidades mais violentas do mundo.

Um agente da promotoria do estado de Chihuahua, região onde fica Ciudad Juárez, identificado como Mario Rodríguez, foi morto enquanto se deslocava em um veículo particular.

Minutos depois três membros da Polícia Federal (PF) foram emboscados a tiros nos arredores de um hotel situado no centro da localidade no qual se hospedam centenas de militares deslocados pelo Governo mexicano para a cidade para combater os grupos de narcotraficantes.

No tiroteio morreu um dos agentes, identificado como Vicente Carmona Álvarez, de 36 anos, e outros dois ficaram feridos. Por sua vez, o cadáver do oficial da Polícia municipal Alfredo Flores Cuevas, de 32 anos, foi achado no interior de seu veículo no norte da cidade com várias marcas de bala.

A Procuradoria Geral de Justiça do estado (PGJE) de Chihuahua encontrou, além disso, oito corpos sem vida encontrados em lugares diferentes da cidade na noite de sexta para sábado.

Em Ciudad Juárez foram assassinadas mais de 590 pessoas apenas em 2010, segundo uma apuração jornalística baseada em informações da estadual. No ano passado foram registrados mais de 2,6 mil homicídios relacionados com a ação do crime organizado na cidade.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host