UOL Notícias Notícias
 

27/03/2010 - 21h47

Comissário de Paz da Colômbia diz não saber se as Farc têm restos de militar

Villavicencio (Colômbia), 26 mar (EFE).- O Alto Comissariado para a Paz, Frank Pearl, disse hoje que não sabe se as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) têm os restos do major Julián Guevara, morto em cativeiro, e assinalou que as operações militares foram suspensas este sábado e por 36 horas, para permitir a libertação de Josué David Calvo e Pablo Moncayo.

Ao ser consultado se existe a possibilidade de que um dos helicópteros cedidos pelo Brasil para a missão humanitária poderia ficar mais tempo para buscar os restos mortais de Guevara, disse que não tinha informação ao respeito.

Pearl reiterou que como foi ordenado pelo Ministério da Defesa e o comandante das Forças Militares da Colômbia, general Freddy Padilla, o Exército e a Polícia ordenaram a cessação de operações a partir das 18h (horário local, 21h de Brasília) até às 6h da segunda-feira (9h de Brasília).

No meio da expectativa que se vive em Villavicencio, a 120 quilômetros de Bogotá e onde estão os familiares de Calvo e Moncayo, além de muitos jornalistas, a mediadora Piedad Córdoba disse que a operação das libertações prossegue como o previsto.

Além disso, Córdoba expressou sua certeza de que os guerrilheiros entregarão os restos mortais de Guevara.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h50

    -0,14
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h55

    0,28
    68.905,54
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host