UOL Notícias Notícias
 

28/03/2010 - 08h00

Papa se diz "afligido" com tensão em Jerusalém

Cidade do Vaticano, 28 mar (EFE).- O papa Bento XVI disse hoje se sentir afligido com os recentes "contrastes e tensões" em Jerusalém e pediu aos "responsáveis pela sorte" da Cidade Santa coragem para encontrar o caminho da paz e segui-lo com perseverança.

O pontífice falou hoje ante dezenas de milhares de pessoas na praça de São Pedro do Vaticano, durante a procissão do Domingo de Ramos, que abre a Semana Santa.

"Estou profundamente afligido com os recentes contrastes e as tensões verificadas mais uma vez em Jerusalém, que é a pátria espiritual de cristãos, judeus e muçulmanos, profecia e promessa da reconciliação universal que Deus deseja para toda a família humana", afirmou o bispo de Roma.

Bento XVI disse ainda que a paz é um dom que Deus confia à responsabilidade humana, para ser cultivada através do diálogo e do respeito ao direito de todos, à reconciliação e ao perdão.

"Rezemos para que os responsáveis pela sorte de Jerusalém acometam com coragem o caminho da paz e o sigam com perseverança", continuou o pontífice.

Pela primeira vez em seus quase cinco anos de Pontificado, Bento XVI, que em 16 de abril completa 83 anos, comandou do papamóvel a Procissão de Ramos na praça de São Pedro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host