UOL Notícias Notícias
 

28/03/2010 - 05h19

Premier tailandês e chefes do protesto se reúnem para negociar

Bangcoc, 28 mar (EFE).- O primeiro-ministro da Tailândia, Abhisit Vejjajiva, e os chefes das manifestações antigovernamentais se reunirão hoje para negociar uma saída para a crise, após duas semanas de protestos em Bangcoc para forçar a convocação de eleições antecipadas.

A reunião acontece às 16h (horário local) no Instituto Real Prajadhipok e será transmitida ao vivo pela televisão estatal.

A Frente Unida para a Democracia e contra a Ditadura, mais conhecidos como "camisas vermelhas", começou as mobilizações, que transcorreram pacificamente, há duas semanas.

Ontem, cerca de 80 mil manifestantes marcharam por diferentes áreas de Bangcoc e depois retornaram a seu acampamento estabelecido nas cercanias do antigo Palacio Real.

A Tailândia está imersa em uma profunda crise desde o golpe de Estado que depôs em 2006 o multimilionário Thaksin Shinawatra, um ex-policial que ganhou as classes populares com políticas sanitárias e sociais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host