UOL Notícias Notícias
 

31/03/2010 - 17h55

Clinton afirma que conferência de doadores é "grande dia" para Haiti

Nações Unidas, 31 mar (EFE).- O enviado especial da ONU para o Haiti, o ex-presidente americano Bill Clinton, afirmou hoje que a conferência internacional de doadores para a reconstrução do país caribenho foi "um grande dia".

"É um momento muito emocionante, é um grande dia", disse Clinton na saída da primeira sessão do encontro pelo Haiti realizado na sede da ONU em Nova York com a presença de 136 países.

O ex-presidente dos Estados Unidos ressaltou a generosidade demonstrada pela comunidade internacional em sua resposta aos cerca de US$ 3,9 bilhões solicitados pelo Governo haitiano e pela ONU para reconstruir o país após o terremoto de 12 de janeiro.

Além disso, destacou a participação de organizações da sociedade civil e empresários interessados no desenvolvimento da economia haitiana.

Clinton foi o encarregado de moderar uma das mesas da manhã, da qual participaram imigrantes haitianos, empresários, ONG e representantes dos Governos locais haitianos.

A ONU espera arrecadar nesta conferência os US$ 3,9 bilhões que o Haiti precisa para financiar nos próximos 18 meses seu plano de reconstrução e desenvolvimento.

A proposta apresentada hoje pelo Governo haitiano contempla a criação de um fundo administrado pelo Banco Mundial e, de forma paralela, um órgão que determinaria as principais necessidades de fundos para a reconstrução, copresidido pelo primeiro-ministro do Haiti, Jean Max Bellerive e pelo próprio Clinton.

Este organismo funcionaria durante 18 meses, até a criação de uma Agência para a Reconstrução do Haiti, que ficaria sob responsabilidade do Governo do país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host