UOL Notícias Notícias
 

31/03/2010 - 14h58

Grupo Emirados Islâmicos do Cáucaso reivindica autoria do atentado de Moscou

Washington, 31 mar (EFE).- O chefe do grupo terrorista Emirados Islâmicos do Cáucaso, Dokou Oumarov, reivindicou por meio de um vídeo os atentados suicidas cometidos em Moscou na segunda-feira, informou hoje o Centro Americano de Vigilância de Sites Islamitas (Site).

Segundo o centro, Oumarov reivindicou a responsabilidade pelos atentados, que deixaram 39 mortos, em um vídeo de 4 minutos e 27 segundos gravado em 29 de março e postado no YouTube.

O site Kavkaz Center, órgão de propaganda rebelde dos combatentes chechenos, informou em mensagem em inglês que Oumarov ordenou o duplo atentado suicida em represália aos assassinatos na aldeia de Arshty, na fronteira entre Chechênia e Inguchétia, no dia 11 de fevereiro.

Segundo Oumarov, os ataques do metrô foram organizados por ordem pessoal sua e adverte que os atentados na Rússia continuarão.

Hoje, dois atentados suicidas deixaram 13 mortos no sul da Rússia.

"Todo são elos da mesma cadeia e uma manifestação da atividade terrorista que nos últimos tempos voltou a afetar o norte do Cáucaso, contra a qual lutamos e continuaremos lutando", declarou o presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, durante uma sessão do Conselho de Segurança do país em Moscou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h00

    0,32
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h01

    1,68
    63.714,04
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host