UOL Notícias Notícias
 

05/04/2010 - 13h24

Chefes das Farc visitam cardeal colombiano em Roma em busca de paz

Bogotá, 5 abr (EFE).- Chefes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) visitaram o cardeal colombiano Darío Castrillón em sua capela em Roma para expressar sua "disponibilidade" para buscar avanços rumo à paz no país sul-americano, segundo entrevista publicada pelo jornal "El Tiempo".

O ex-presidente da Comissão Pontifícia Ecclesia Dei disse que sua última conversa telefônica com o chefe máximo das Farc, Guillermo Leão Sáenz, conhecido como "Alfonso Calo", aconteceu "há alguns meses".

"Alguns deles estiveram em minha capela aqui em Roma, sabem que nunca escondi a verdade. Sabem que não professo uma falsa amizade", disse.

Castrillón acrescentou que acredita que foram alcançados avanços nessas reuniões com chefes rebeldes, aos quais não identificou, e afirmou que há "disponibilidade" do grupo insurgente em avançar na busca da paz.

"Mas também há, como em todas as pessoas, dúvidas de se há verdade no que vai ocorrer. Temos experiências dolorosas no país de morte de gente que dialogou, o que obrigou os demais a manter uma prudência que às vezes paralisa ações que poderiam ser mais felizes se não houvesse as experiências negativas que temos", afirmou.

O prelado afirmou, além disso, que deve ser levado em conta que a nova realidade do terrorismo internacional como arma de minorias postas contra Governos estabelecidos é algo que é preciso ser tratado com diálogo e inteligência.

"Nem sequer as grandes potências conseguiram dominar com o simples uso das armas", ressaltou.

Sobre suas reuniões com "Alfonso Calo", disse que aconteceram em várias oportunidades em aeroportos, nas montanhas colombianas, uma vez em Cartagena de Indias e outra no México.

"Nos conhecemos e falei muito claramente com ele e não posso dizer que não tenha boa vontade também", acrescentou.

Além disso, o cardeal se declarou contrário à "simplificação" de qualificação das Farc como "narcoterrorista".

"Não podemos dizer que absolutamente toda a guerrilha está no narcotráfico", disse.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host