UOL Notícias Notícias
 

05/04/2010 - 08h29

Veteranos políticos japoneses criarão novo partido

Tóquio, 5 abr (EFE).- Pesos pesados da política japonesa, vinculados ao partido opositor PLD, começaram hoje negociações para formar um novo partido de olho nas eleições do Senado, que estão previstas para ocorrer em julho.

Nessas negociações participaram, entre outros, o atual prefeito de Tóquio, o nacionalista Shintaro Ishihara, o ex-ministro das Finanças Kaoru Yosano e o ex-titular de Comércio Takeo Hiranuma, segundo informou a agência local "Kyodo".

Ishihara, o popular e polêmico prefeito de Tóquio de 77 anos, é o último a engrossar a lista integrada por descontentes com o Partido Liberal-Democrata (PLD), desde setembro na oposição depois de governar o Japão por meio século.

Yosano, de 71 anos, abandonou neste fim de semana as fileiras do PLD com a intenção de criar um novo grupo político, do qual deve participar Kunio Hatoyama, de 61 anos e irmão do atual primeiro-ministro, Yukio Hatoyama, do Partido Democrático (PD).

Kunio Hatoyama desfiliou-se do PLD por "desacordo com suas políticas" embora não está certo que participará do partido de Yosano, que pode ser constituído já nesta quinta-feira, conforme "Kyodo".

Em julho, ocorre a eleição para renovar a metade do Senado do Japão (121 cadeiras).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,32
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,56
    63.760,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host