UOL Notícias Notícias
 

09/04/2010 - 22h57

México anunciará adesão a Iniciativa Global de Combate ao Terrorismo Nuclear

México, 9 abr (EFE).- O presidente mexicano, Felipe Calderón, anunciará na Cúpula Nuclear de Washington o compromisso do México contra o terrorismo com armas atômicas e sua adesão à Iniciativa Global de Combate ao Terrorismo Nuclear, informaram hoje fontes oficiais.

O escritório da Presidência indicou que Calderón se prepara para participar nos dias 12 e 13 de abril na Cúpula de Segurança Nuclear na capital americana, convocada pelo presidente Barack Obama para impedir que materiais atômicos e instalações nucleares caiam em mãos de terroristas.

Nessa Cúpula estarão presentes 44 chefes de Estado que farão um diálogo diversas ações nacionais e internacionais para reforçar a segurança nuclear.

Os chefes de Estado e de Governo terão um jantar privado no qual revisarão as ameaças de terrorismo nuclear. Também terão um encontro para definir o papel da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) na segurança nuclear mundial.

O Governo disse que o México foi convidado a esta Cúpula graças a suas contribuições históricas e porque o país preside o Comitê do Conselho de Segurança da ONU em temas de não-proliferação nuclear.

"Para o México, o desarmamento, a não-proliferação e o exercício responsável do direito dos Estados ao uso pacífico da energia nuclear fazem parte integral da segurança nuclear", indica o comunicado.

A Presidência afirmou que Calderón promoverá o apoio dos mecanismos de cooperação para assegurar os materiais e instalações nucleares.

Além disso, Calderón insistirá na necessidade de fortalecer o Comitê sobre Não-Proliferação de Armas de Destruição em Massa criado pelo Conselho de Segurança da ONU.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,56
    3,261
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    1,28
    73.437,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host