UOL Notícias Notícias
 

10/04/2010 - 19h11

Milhares de poloneses depositam flores em Palácio Presidencial

Varsóvia, 10 abr (EFE).- Dezenas de milhares de poloneses foram hoje ao Palácio Presidencial de Varsóvia, onde depositaram flores e velas para dar seu último adeus ao presidente do país, Lech Kaczynski, e aos outros pelo menos 95 mortos na catástrofe aérea de Smolensk (Rússia) nesta manhã.

A população de Varsóvia compareceu em massa até as portas do palácio presidencial para depositar flores e velas, em uma expressão da dor coletiva que lembrava os momentos seguintes à morte do papa João Paulo II, em 2005.

O lado de fora do palácio ficou iluminado pela luz de milhares de velas. Em frente a ele se estendeu uma tapeçaria de flores onde foram depositadas mensagens de condolência e bandeiras nacionais.

Mais uma vez a tragédia uniu cidadãos poloneses, que deixaram de um lado a rivalidade política entre conservadores e liberais para chorar juntos pela morte de Kaczynski e pelas demais autoridades e personalidades que viajavam a bordo do Tupolev-154.

Entre os que morreram hoje no acidente estavam autoridades da Polônia, funcionários de alto escalão, comandantes-em-chefe das Forças Armadas e familiares e membros de associações de vítimas do massacre de Katyn (Rússia), onde há 70 anos foram assassinados mais de 20 mil oficiais poloneses por militares soviéticos.

O avião bateu contra as árvores dos arredores do aeroporto de Smolensk, após o qual caiu no chão e foi envolvido em chamas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host