UOL Notícias Notícias
 

11/04/2010 - 18h30

Direita vence eleições parlamentares da Hungria com 52,7% dos votos

Budapeste, 11 abr (EFE).- O partido opositor de direita Fidesz venceu hoje o primeiro turno das eleições parlamentares na Hungria com 52,7% dos votos, segundo a apuração quase completa das urnas, anunciou em Budapeste o Comitê Eleitoral Nacional húngaro.

Os socialistas do MSZP, que atualmente governam o país, foram duramente castigados pelo eleitorado, obtendo apenas 19,3% dos votos emitidos, menos da metade das eleições de quatro anos atrás.

Em terceiro lugar ficou o partido de extrema-direita Jobbik, conhecido por sua retórica racista e antissemita, que obteve 16,7% dos votos, quase oito vezes mais que nas legislativas de 2006.

O partido ecologista LMP, fundado há apenas 14 meses, também conseguiram aceder ao Parlamento superando mínimo de 5% das cadeiras do Legislativo, após obter 7,4% dos votos.

O complexo sistema eleitoral da Hungria prevê um segundo turno em duas semanas para aquelas circunscrições nas quais não houve um vencedor com mais de 50% dos votos.

Nesse futuro segundo turno será decidido se o Fidesz, liderado pelo ex-primeiro-ministro Viktor Orbán (1998-2002), consegue dominar a maioria de dois terços no Parlamento unicameral de 386 cadeiras.

Cerca de 8 milhões de eleitores húngaros estavam aptos a comparecer às urnas para escolher a composição do Parlamento nacional.

A Hungria está imersa há dois anos em uma profunda crise econômica, causada em parte pela má gestão do Executivo socialista, no poder há oito anos e agravada pela crise econômica mundial.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,56
    3,261
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    1,28
    73.437,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host