UOL Notícias Notícias
 

11/04/2010 - 05h25

Poloneses fazem homenagens em frente ao palácio presidencial

Varsóvia, 11 abr (EFE).- Dezenas de cidadãos ficaram toda a noite em frente ao palácio presidencial de Varsóvia, em sinal de luto pelo falecido presidente Lech Kaczynski e as outras vítimas da catástrofe aérea de Smolensk (Rússia).

Durante toda a jornada do sábado dezenas de milhares de pessoas depositaram flores e velas perante as portas do palácio, onde vários varsovianos acudiam desde as primeiras horas desta manhã para render o último tributo ao chefe de Estado.

Espera-se que ao longo da jornada cheguem ao local cidadãos de todo o país, imersos em uma dor coletiva pela tragédia aérea na qual morreram também representantes das mais relevantes instituições do país.

A coincidência desse trágico aniversário na memória dos poloneses multiplicou o sentimento de dor dos cidadãos, cujas expressões de consternação lembravam os primeiros momentos que seguiram à morte do papa João Paulo II em 2005.

Em pronunciamento televisado, ontem à noite, o presidente do Parlamento polonês e também chefe de Estado interino, Bronislaw Komorowski, anunciou a convocação de eleições presidenciais antecipadas, para o que se reunirá com os representantes dos diferentes partidos.

Komorowski, de acordo com a Constituição polonesa, assumiu a chefia interina do Estado até a realização de novo pleito, que deverá convocar nas próximas duas semanas para que se realize dentro de um período máximo de dois meses, após o anúncio.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host