UOL Notícias Notícias
 

14/04/2010 - 23h51

Colômbia diz a seus cidadãos que é arriscado viajar para a Venezuela

Bogotá, 14 abr (EFE).- O Governo colombiano publicou nesta quarta-feira um documento de advertência aos cidadãos colombianos para visitar a Venezuela "em consequência das situações recentes que afetaram compatriotas nesse país".

O aviso foi publicado na página eletrônica do Ministério das Relações Exteriores da Colômbia, que adverte "sobre os riscos de viajar para a Venezuela e recomenda aos colombianos que tenham cuidado especial na hora de se deslocarem para este destino".

A Chancelaria disse que vê com "preocupação" os homicídios de colombianos que "não foram suficientemente esclarecidos" e lembrou que nos casos de detenções, "há evidências de ausência de plenas garantias e dos devidos tratamentos" de acordo com as normas e padrões internacionais.

Horas antes de ser divulgada a advertência em relação às viagens, o chanceler colombiano, Jaime Bermúdez, tinha advertido a funcionários para não participarem de atos vinculados à Venezuela.

Na semana passada, o defensor público da Colômbia, Vólmar Pérez, manifestou que 22 cidadãos de seu país estão detidos na Venezuela, dos quais Caracas só reconhece oito, que foram acusados de espionagem.

Bermúdez recomendou um diálogo direto para solucionar os problemas com a Venezuela. "É preciso buscar soluções, talvez até com um terceiro país que facilite a aproximação", disse o chanceler.

No último dia 8 de abril, o presidente da República Dominicana, Leonel Fernández, se ofereceu a dialogar com as autoridades venezuelanas para conhecer a fundo as condições em que foram detidos os colombianos acusados de espionagem.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host