UOL Notícias Notícias
 

15/04/2010 - 10h38

Brasil, Índia e África do Sul propõem "papel ativo" no conflito no O.Médio

Brasília, 15 abr (EFE).- Os ministros das Relações Exteriores do Brasil, da Índia e da África do Sul analisaram hoje o conflito no Oriente Médio junto com seu colega palestino, Radi Maliki, e se comprometeram a adotar um "papel mais ativo" em busca do diálogo e da paz na região.

"Esse compromisso é agora mais urgente pelo próprio desenvolvimento do processo, com novos assentamentos (que Israel se propôs a construir), a interrupção do diálogo e a nova ordem militar israelense que permitirá deportar palestinos da Cisjordânia", disse o ministro Celso Amorim.

Por sua vez, Maliki afirmou que com a reedição dessa ordem do Exército de Israel, que entrou em vigor esta semana, "cada palestino passou a ser candidato ao despejo".

A reunião com o ministro de Exteriores da Autoridade Nacional Palestina (ANP) aconteceu em Brasília no começo da Cúpula do Fórum de Diálogo Ibas, formado pelo Brasil, pela Índia e pela África do Sul.

Maliki disse que explicou a situação atual aos ministros dos países do Ibas, que "estão interessados e comprometidos a ajudar no processo de paz" e na criação de um Estado palestino.

Também disse que, durante a reunião de hoje em Brasília, foram discutidas "algumas opções para retomar o diálogo de paz e para que os novos assentamentos sejam detidos".

Segundo Amorim, os países do Ibas "têm boas relações com Israel" e consideram que podem influir de alguma forma para retomar o diálogo de paz.

"Podemos contribuir com ideias novas", declarou Amorim. Nos últimos meses o Brasil se declarou um "mediador confiável" para o conflito do Oriente Médio.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host