UOL Notícias Notícias
 

19/04/2010 - 14h53

Caos aéreo não terá impacto econômico sério na Europa, segundo relatório

Londres, 19 abr (EFE).- O fechamento do espaço aéreo europeu por causa da nuvem de cinzas procedente de um vulcão na Islândia "não terá um impacto econômico sério", apesar de que as perdas derivadas da queda da produtividade chegarão a 1,5 bilhão de euros, segundo um relatório do Royal Bank of Scotland (RBS).

De acordo com o estudo, divulgado hoje, o impacto econômico será "insignificante", comparado com a crise financeira mundial.

Enquanto as companhias aéreas se esforçarem para fazer frente às substanciais perdas provocadas pela erupção do vulcão islandês, os analistas acreditam que o impacto global desta situação será minimizado, porque outros meios de transporte substituirão o avião.

O RBS considera que o maior custo de produtividade será o derivado da ausência dos trabalhadores que não puderem retornar a seus postos por causa do cancelamento dos voos.

Segundo o relatório, na Europa somente 1% das mercadorias é transportado por avião, contra 46% que chegam por rodovias, 37% por via marítima e o 11% por ferrovias.

Sobre o transporte de viajantes, 83% dos deslocamentos são realizados por estrada.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host