UOL Notícias Notícias
 

25/04/2010 - 09h19

UE pede a autoridades sudanesas transparência nas eleições

Cairo, 25 abr (EFE).- A missão de observação eleitoral da União Europeia (UE) pediu hoje à comissão eleitoral sudanesa transparência na hora de publicar os resultados das eleições, informação que deve ser divulgada neste domingo.

Em nota divulgada hoje, a missão da UE, dirigida por Veronique de Keyser, pediu que "os resultados de todos os colégios eleitorais fossem identificados" para que se tivesse uma publicação "transparente e com comprovação dos dados".

O pleito no maior país em extensão territorial da África ocorreu entre os dias 11 e 15 de abril e foi o primeiro pluripartidário em 24 anos.

"Este é um ponto crucial do processo", explica a UE, que lembra que continua "observando seu desenvolvimento, embora expresse sua preocupação com a apuração".

A UE pede que a comissão eleitoral sudanesa divulgue os resultados provisórios "apoiados em um sistema computadorizado".

Conforme os observadores, os dados de alguns dos formulários estão "incompletos ou não foram preenchidos corretamente, dificultando a introdução no sistema".

Por isso e com instruções da comissão eleitoral os funcionários estão inserindo manualmente os dados nos computadores.

Desta maneira, "não é possível garantir a confiabilidade e a transparência na transmissão dos dados".

A UE e outros observadores denunciaram que as eleições sudanesas não se ajustaram aos padrões internacionais, mas louvaram a atitude paciente e participativa da população e a ausência de violência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host